A crítica no subsolo Renè Girard

Projeto gráfico de capa do livro A crítica no subsolo de René Girard.
Editora: Paz e Terra.

Primeira capa do livro A crítica no subsolo

Nesta coletânea de textos, produzidos pelo autor entre os anos de 1963 e 1972, René Girard expõe a base de sua evolução crítica, esboçando os fundamentos que apareceriam posteriormente em suas outras obras. Aqui, como um crítico literário, ele revela como o processo de autoconhecimento de autores como Dostoiévski, Camus e Victor Hugo iluminam as cisões encontradas em seus próprios livros, e identifica os problemas da psicanálise contemporânea, mostrando falhas e contradições do Édipo de Deleuze e Guattari. É uma obra fundamental para a compreensão dos princípios teóricos deste que se consolida cada vez mais como figura central do pensamento moderno.