Passeio pelas Livrarias – 001

Vamos começar uma série que vamos chamar de “Passeio pelas Livrarias“.

O objetivo é conhecer o resultado final de alguns livros que trabalhamos.

Hoje foi na Blooks em Botafogo. Confira aí!

Macunaíma, O herói sem nenhum caráter

Edição Especial

Livro Macunaima

Mario de Andrade publicou Macunaíma, o herói sem nenhum caráter em 1928. Por falta de editora, a tiragem do romance foi de apenas oitocentos exemplares, mas o livro foi festejado pela crítica modernista por sua inovação narrativa e de linguagem. Poeta, contista, romancista, cronista e critico de arte, o escritor iniciou sua carreira em 1917 com o livro Há uma gota de sangue em cada poema. Sua segunda obra, Paulicéia desvairada, também de poesia, foi publicada em 1922, ano em que Mário de Andrade participou da Semana de Arte Moderna de São Paulo. Macunaíma é uma obra fundamental para de compreender a literatura brasileira do último século – e de hoje.

 

 

 

O primeiro homem

Coleção 50 Anos

Livro O primeiro homem
Considerado um livro inacabado, devido à morte de Camus num acidente automobilístico em 1960, O primeiro homem apresenta caráter autobiográfico, uma vez que a história do menino Jacques Cormery remete-nos a aspectos memorialísticos da infância do autor na Argélia, à morte de seu pai e à relação afetiva com sua mãe analfabeta e semissurda.